Erosímetro ao Jato de Ar

O Erosímetro ao Jato de Ar realiza ensaios de erosão por partículas duras em diversos materiais e temperaturas. Projetado e construído conforme a Norma ASTM G76, o equipamento é do tipo a jato de ar, ou seja, as amostras são desgastadas pelo impacto de partículas abrasivas que são arrastadas e aceleradas por um fluxo de ar.

O desenho esquemático da figura 1 ilustra o mecanismo de funcionamento: o compressor fornece o fluxo de ar necessário, que será filtrado e regulado sua vazão por meio de uma válvula de restrição e um manômetro tipo ‘U’ aplicado em um tubo-venturi ;logo após, o fluxo de ar passa por um aquecedor por resistência elétrica condicionando a temperatura conforme estabelecido no painel de controle (SP1-T1); em seguida as partículas abrasivas adentram ao escoamento por meio da Junção ,formada por um reservatório, correia transportadora e um funil acoplado a tubulação; por fim, o fluxo de ar acelera as partículas no Bocal de Aceleração e impactam o material que está fixado no Porta-amostras (figura 2), dentro da Câmara de ensaio, onde dois aquecedores auxiliam na manutenção da temperatura estabelecida (SP2-T2), a figura 3 mostra o erosímetro ao todo.

 

Figura 1 – (1) Filtro; (2) Válvula; (3) Tubo-venturi; (4) Manômetro; (5) Aquecedor do ar; (6) Aquecedor da câmara; (7) Amostra; (8) Aquecedor da amostra; (9) Porta-amostra; (10) Reservatório; (11) Correia transportadora; (12) Junção; (13) Bocal de Aceleração; SP1 – set-point 1; T1 – termopar 1; SP2 – set-point 2; T2 – termopar 2. Fonte: B.C.Bragança,2016

 

Figura 2 – Erosímetro: visão geral.

 

 

Figura 3 – Dois discos posicionados para medição velocidade das partículas.

 

Figura 4 - Fotomicrografia via MEV mostrando a morfologia da alumina antes dos ensaios. Fonte: B.C.Bragança,2016

 

 

Figura 5 – Amostra antes do ensaio. Fonte: Silva, 2013.

 

Figura 6 – Exemplo de fotomicrografia via MEV ilustrando os micromecanismos frágeis. Fonte: B.C.Bragança,2016

 

Figura 7 – Exemplo de fotomicrografia via MEV ilustrando os micromecanismos dúcteis. Fonte: B.C.Bragança,2016

Figura 8 – Exemplo de gráfico gerado a partir dos valores de perdas de massa. Fonte: B.C.Bragança,2016

 

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910